Fotos

A nova Constituição de Cuba é um exemplo às democracias capitalistas

Publicado em 06.03.2020

Uma análise pioneira da nova Constituição de Cuba foi lançada, nesta quinta (5), em São Paulo. De autoria do advogado Durval de Noronha Goyos Jr, “Um marco democrático: a Constituição de Cuba de 2019” propõe um exame sob a luz do direito comparado do documento que marca uma nova etapa histórica do socialismo cubano. O evento reuniu embaixadores, juristas, políticos e lideranças sociais na Casa de Portugal, no centro de São Paulo, para uma confraternização com o autor. A mesa foi formada pelo autor do livro, pelo Cônsul Geral de Cuba, Embaixador Pedro Monzon, pelo presidente da Fundação Maurício Grabois e ex-presidente do PCdoB, Renato Rabelo, pelo embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, pelo ex-ministro Aldo Rebelo, pela coordenador de Pós-Graduação da PUC-SP, Regina Gadelha, pelo presidente da Casa de Portugal, Antonio dos Ramos, e pela jurista e professora da UFRJ, Carol Proner.