Notícias

Manifesto unitário da esquerda é lançado em Belo Horizonte

Divulgação Publicado em 18.07.2018

Foi lançado nessa terça-feira, 17, no Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG), em Belo Horizonte, os manifestos “Unidade para Reconstruir o Brasil ” e “Por uma frente para o Parlamento compromissada com a reconstrução e o desenvolvimento do Brasil”. Os documentos foram elaborados e assinados pelas fundações ligadas ao PT, ao PCdoB, ao PSOL, ao PSB e ao PDT e propõem um novo projeto de desenvolvimento baseado na articulação entre desenvolvimento soberano, questão social com destaque para o combate às desigualdades sociais e o resgate e aprofundamento da democracia.

Participaram do lançamento entidades e lideranças de movimento estudantil, sindical e sociais. Também estavam presentes a diretora de Comunicação da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Marilda Silva, e os vereadores Gilson Reis (PCdoB) e Arnaldo Godoy (PT).

O economista Diogo Santos, membro da Seção mineira da Fundação Maurício Grabois explicou que “o Manifesto propõe um novo projeto nacional de desenvolvimento como eixo central da unidade programática da Esquerda brasileira. E o vértice desse projeto é o desenvolvimento soberano”. Diogo Santos enfatizou também que o manifesto busca apresentar uma visão articulada entre os grandes desafios nacionais e o projeto nacional capaz de enfrentar tais desafios.

Em nome da Fundação Lauro Campos (PSOL), Érico ressaltou a urgência da construção da unidade programática, pois estamos diante de um governo que ataca abertamente os interesses da classe trabalhadora.

Oswaldo Maneschy da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini (PDT) destacou que é preciso intensificar o dialogo com os trabalhadores apresentando a alternativa defendida pela Esquerda.

Alexandre Navarro, representando a Fundação João Mangabeira (PSB), defendeu que na próxima legislatura da Câmara Federal, os Partidos progressistas atuem em conjunto, a partir da unidade construída com o Manifesto, para fazer avançar as pautas estratégicas.

Pela Fundação Perseu Abramo, Isabel dos Anjos, defendeu que a unidade em construção entre as Fundações Partidárias é uma conquista importante para o povo brasileiro, pois fortalece a esperança e a luta por outro rumo para o Brasil.

O evento seguiu com as falas dos representantes dos partidos e organizações políticas presentes. Além dos partidos signatários do manifesto, estiveram presentes e reafirmaram a importância da iniciativa as Brigadas Populares, o PCO e a Refundação Comunista.

 

A íntegra do manifesto ‘Unidade para Reconstruir o Brasil’ pode ser lida AQUI.

Leia o manifesto “Por uma frente para o Parlamento compromissada com a reconstrução e o desenvolvimento do Brasil”