Notícias

Fundações partidárias lançam manifesto em defesa da vida, da democracia e do emprego (02/09)

Publicado em 01.09.2020

Sete fundações partidárias irão lançar na próxima quarta-feira, 2/9, às 15h30, o manifesto Em defesa da vida, da democracia e do emprego, elaborado para fazer frente aos prejuízos humanos, econômicos e sociais provocados pela pandemia de Covid-19, que assola o país sem que haja uma resposta à altura do governo federal. 

O evento tem como objetivo divulgar o documento assinado pelas fundações partidárias que integram o Observatório da Democracia: Lauro Campos/Marielle Franco, (FLCMF/PSoL); João Mangabeira (FJM/PSB); Leonel Brizola/Alberto Pasqualini (FLBAP/PDT); Maurício Grabois (FMG/PCdoB); Perseu Abramo (FPA/PT); Ordem Social, (FOS/PROS); e Cláudio Campos(FCC).

Quem fará a moderação durante o lançamento será a jornalista Cynara Menezes, autora do blog Socialista Morena, estarão presentes os representantes das fundações signatárias, Aloizio Mercadante (FPA), Alexandre Navarro(FJM), Renato Rabelo(FMG), Gastão Dias Vieira(FOS),  Manoel Dias (FLBAP), Francisvaldo Mendes (FLCMF), Nilson Araújo (FCC) e lideranças partidárias. 

O presente manifesto baseia-se no surgimento no período recente de documentos elaborados por diversos setores com propostas de combate à crise sanitária, são documentos que se completam e foram elaborados por um amplo leque de forças políticas e entidades da área de saúde, entre eles “Sugestão de agenda econômica mínima”, aprovado pelo movimento Direitos Já!, que reúne lideranças de 17 partidos; o “Plano nacional de enfrentamento à pandemia da Covid-19”, aprovado pela Frente pela Vida, que reúne 14 das principais entidades de saúde do país; além de documentos assinados pelos partidos PDT, PT, PSB e PCdoB com propostas contendo medidas econômicas e sanitárias para combater a crise.

O manifesto se propõe a contribuir para a construção de uma frente ampla em defesa da vida, da democracia e do emprego e aborda principalmente a necessidade de que haja investimento nos seguintes pontos: a manutenção das medidas econômicas emergenciais até o fim da pandemia; o investimento público para retomar a economia; a revogação da Emenda Constitucional 95 para financiar o investimento e o gasto público na emergência e para a retomada da economia; a adoção da estratégia da Vigilância Epidemiológica para contenção da transmissão do coronavírus; o reconhecimento e investimento no setor de Ciência e Tecnologia para combater a pandemia.

Como norte dessas medidas que apontam para a retomada do crescimento, que incorporam desde as emergenciais até as de recuperação do emprego e da produção, bem como o investimento de mais longo prazo, propomos a reindustrialização, com reconversão industrial, investimento em ciência e tecnologia, investimento em infraestrutura de qualidade, sustentabilidade ambiental, e, especialmente, a redução da pobreza e o combate às desigualdades regionais e sociais.

Sobre o Observatório da Democracia

O processo de entendimento entre as fundações para criação do Observatório da Democracia(OD) teve suas origens em 2017, e seu lançamento com a configuração atual foi efetivado em janeiro de 2019, quando foram elaborados relatórios mensais em diversas áreas sobre a atuação do governo federal considerada desastrosa para a democracia. No decorrer do corrente ano  o OD realizou o ciclo de 21 debates: Diálogos, Vida e Democracia. Esta plural e rica experiência contou com a participação de lideranças políticas, pesquisadores, intelectuais e especialistas nos temas mais relevantes para entender e enfrentar a grave crise sanitária, econômica, social e política desencadeada pela Covid-19.

Evento: Lançamento do manifesto Em defesa da vida, da democracia e do emprego
Data: 02/09
Hora: 15h30
Transmissão ao vivo nas Fanpages das Fundações, Twitter e Youtube do Observatório da Democracia - https://www.youtube.com/channel/UCujcl6Y6-BAfsgojXkAQFRg