Prosa@Poesia

PARCERIA

Flora Figueiredo Publicado em 14.11.2014

PARCERIA

 

Ficamos assim:


você joga as queixas no telhado,


eu ponho as manias de lado;


você lava a escadaria,

 

eu rego o jardim


Podemos varrer juntos


as nódoas secas aderentes ao passado.


Se você se habilita, eu me disponho,


num desafio à desdita.


Você acende a luz,


eu desempeno o sonho;


eu troco a fita.


Na mesa torta, a toalha colorida.


O resto é fácil:


basta mandar flores ao futuro,


derrubar o muro e acreditar na vida.
 

 


Flora Figueiredo - fonte http://www.vita-gotasdepoesia.blogspot.com.br/