O que você está procurando?
Perestroika

A experiência da NEP e a farsa histórica de Gorbachev

A história encena neste momento a mesma caricatura constatada por Karl Marx na abertura do seu livro O 18 Brumário, também em circunstâncias que caracterizam um retrocesso em sua marcha. Desta vez os personagens são Gorbachev, que se faz

Perestroika: Nova fase de integração no mercado capitalista mundial

Às vésperas da Revolução de Outubro, Lênin afirmava que a situação particular da Rússia a colocava a "meio caminho" entre o Ocidente e o Oriente. Isto tanto do ponto de vista geográfico como de desenvolvimento econômico-social. Ou seja, entre

A perestroika ressuscitou o chauvinismo grão-russo

O terremoto nacionalista teve seu epicentro recente na República da Geórgia. Ali uma manifestação nacionalista foi massacrada por tropas russas com um resultado de dezenove mortos e mais de duzentos feridos, na praça principal de Tiblisi, a capital. Mas

SOVIETES: UM MILHÃO DE VEZES MAIS DEMOCRÁTICOS

O sistema soviético, implantado pela revolução de 1917, cedeu lugar a um Congresso dos Deputados do Povo – semelhante aos parlamentos ocidentais – e restaurou-se a separação entre Legislativo e Executivo, com a criação do cargo de presidente da

Particularidades e caráter de classe do revisionismo soviético

Assim, a luta de vida ou morte entre marxismo e revisionismo parece incompreensível, enquanto neste momento, os frutos históricos do revisionismo no poder, em especial na URSS, são apresentados como resultados da aplicação do marxismo; os fracassos das idéias

Os efeitos do revisionismo sobre a luta revolucionária

Os acontecimentos mundiais transcorridos desde o advento do revisionismo ao poder na União Soviética (XX Congresso do PCUS, 1956) vieram demonstrar com meridiana clareza que essa nova e sofisticada forma de oportunismo constitui a principal ameaça, o mais perigoso

Não é possível abrir-mão dos princípios

A carta de Nina Andreieva, uma professora universitária de Leningrado, desencadeou acesa polêmica na União Soviética, com muitas manifestações de apoio de outros missivistas. Ela foi publicada quando Mikhail Gorbachev se encontrava na Iugoslávia em visita oficial. Retornando ao

Com a perestroika cai a máscara do regime

A imprensa e os teóricos da burguesia, em comum acordo com os revisionistas, procuram apresentar os acontecimentos que hoje se sucedem naquele país como uma verdadeira “revolução” política, econômica e social, de sentido progressista e democrático. Atribuem a profunda

O renegado da rua Arbat

Por trás desses números está o aparelho estatal soviético. Proibido durante a gestão de Leonid Brejnev, o livro foi publicado entre abril e junho de 1987 na revista Druzhba Naradov por interferência direta de Mikhail Gorbachev. Evgueni Evtuschenko, festejado

Gorbachev e seu “moinho satânico”

Há mais de um século, no entanto, Marx e Engels já haviam desmistificado tanto o sistema parlamentar burguês quanto o mercado, demonstrando que ao invés de impulsionar eles impedem a construção de uma nova sociedade. O mercado, em especial,