Caros Companheiros:

Saudamos com alegria o vosso IV Congresso e desejamos trabalho fecundo aos dirigentes e a todos os delegados, a fim de que os resultados da vossa Assembleia nacional constituam um passo à frente na vossa heróica luta para libertar o Brasil do domínio dos imperialistas norte-americanos e da exploração dos grandes proprietários de terra e do grande capital.

Apesar das condições de ilegalidade em que lutais e, em consequência, a nossa dificuldade de obter informações sobre a situação interna do vosso país e sobre as grandes lutas que conduzis para salvá-lo e assegurar ao vosso povo um futuro de paz e de bem-estar, sabemos, entretanto, dos notáveis progressos realizados pelo vosso Partido, que é o maior de todo o continente americano, tanto do ponto de vista político como organizativo e que tem uma chefia hábil e valorosa no camarada Luiz Carlos Prestes e nos outros camaradas que compõem a direção do vosso Partido. O Programa, que democraticamente debatestes e que aprovareis, por um Brasil pacífico, livre, democrático, independente, representa a prova inequívoca da maturidade política alcançada pela vanguarda da classe operária, o Partido Comunista do Brasil, e pela própria classe operária, que está à frente do povo brasileiro na sua luta pela completa independência política e econômica.

Sabemos que o imperialismo não poderá jamais fazer no vosso país o que fêz com o pequeno e heróico povo da Guatemala. O Brasil é um grande país, com uma classe operária aguerrida, com um velho e sólido Partido Comunista, já provado em cem batalhas, na legalidade e na ilegalidade, com uma hábil direção, formada através de longos anos de duras lutas e de intensa atividade.

Para o vosso Congresso se voltam os comunistas de todo o mundo com afeto e confiança. Este é também o sentimento dos comunistas triestinos, que lutamos nas duas zonas do nosso território, ocupadas pelas tropas titístas e anglo-americanas, convictos como vós que a vitória não pode ser senão da nossa causa.

Bom trabalho, companheiros!

Viva o Partido Comunista do Brasil, os seus dirigentes, o grande e amado camarada Luiz Carlos Prestes!

Viva os povos da América Latina na sua heróica luta contra o imperialismo!

Viva o socialismo! Viva a Paz!

O secretário Vittorio Vidali