O que você está procurando?
Meio Ambiente

Protocolo de Kyoto: o Brasil e o mundo

Sem margem para muitas dúvidas o Protocolo de Kyoto foi uma resposta institucional a um problema que afeta toda a humanidade, a questão ambiental. O artigo segundo do Protocolo sugere o fomento da eficiência energética em determinados setores da

A Nova Lei de Biossegurança

A Nova Lei de Biossegurança

O mundo inteiro discute a biossegurança. No Brasil não tem sido diferente. No ano passado, depois de ter editado duas medidas provisórias sobre a soja transgênica do sul do país, o governo Lula enviou ao Congresso Nacional o projeto

ZONA FRANCA de MANAUS combate às desigualdades regionais

Passados 37 anos da existência da Zona Franca de Manaus – para mim, uma das mais bem sucedidas experiências já realizadas no país no combate às desigualdades regionais –, ainda persistem incompreensões sobre esse importante modelo de desenvolvimento econômico.

Transgênicos e soberania tecnológica agropecuária

De uma forma geral, em relação às preocupações ambientais, teme-se que os transgênicos possam contaminar geneticamente os centros de origem e/ou de diversidade de espécies vegetais e animais; a produção convencional; a produção orgânica; e as espécies silvestres a

A crise energética e a pusilanimidade do governo

O núcleo do sistema elétrico brasileiro – suas grandes hidrelétricas – começou a ser estruturado em 1945, quando o presidente Getúlio Vargas criou a Companhia Hidrelétrica do São Francisco, a Chesf, para construir Paulo Afonso. A usina, inaugurada em

Amazônia uma região estratégica que a política oficial teima em desconhecer

Do ponto de vista ambiental a Amazônia transcende fronteiras, tanto regionais quanto internacionais. Sobre o aspecto geopolítico, porém, é conveniente deixar bem patenteado essa distinção. Convém, entretanto, até por razões didáticas, fazer uma breve apresentação da Amazônia Global e

Do escravo ao cidadão – Visões do Brasil (Sexta Parte)

No início da década de 1950, a Unesco e a Universidade de Colúmbia, dos EUA, patrocinaram uma série de pesquisas sobre relações raciais, efetuadas por estudiosos brasileiros, em Recife, na Bahia, no Rio de Janeiro e em São Paulo