O que você está procurando?
Antirracismo

Notas de política e filosofia na pandemia*

Mas é mais. É espectral a decomposição dos sistemas eleitorais das “democracias representativas”, d’alhures e daqui. As eleições municipais francesas deste 15 de março de 2020, a exemplo, deixaram em casa 56% dos aptos a votar; mas a abstenção

O mundo que teremos após a pandemia

Passei esta semana inteira lendo muitos artigos de intelectuais que obtive na Internet, bem como coletando algumas declarações de personalidades e autoridades que iniciam o debate sobre como será o novo mundo que advirá depois que a pandemia for

Zizek: Coronavírus, racismo e histeria

Muito de nós, inclusive eu, secretamente adorariam estar na cidade chinesa de Wuhan neste exato momento, vivenciando um cenário real de filme pós-apocalíptico. As ruas desertas da cidade nos remetem à imagem de um mundo não-consumista, em paz consigo

Os marxistas e a homossexualidade*

“‘Conhece-te a ti mesmo’, estava escrito às portas do mundo antigo; ‘sê tu mesmo’, deverá estar escrito nas portas do novo mundo”. Oscar Wilde “De forma alguma, o amor masculino foi e será sempre sinal de uma tendência pervertida,

A história foi escrita pela mão branca

Uma das realidades mais perversas da história humana foi o milenar estatuto da escravidão. Aí se mostra o que também podemos ser: não só sapiens, portadores de amor, empatia, respeito e devoção, mas também demens, odientos, agressivos, cruéis e

Escola Nacional realiza o maior Curso Nível III da sua história

A 11ª edição do Nível III terá uma intensa representação feminina, uma vez que 60% da militância inscrita é composta por mulheres, com atuação nas diversas frentes partidárias e com papel de direção no Comitê Central e Comitês Estaduais.

Bolchevismo e Antissemitismo (1917-1953)

A relação entre o socialismo soviético e o judaísmo deu a base para inúmeras afirmações, no mínimo, paradoxais. Um livro de Isaias Golcher chegou a afirmar: “Stalin teve em mente completar a obra que seu aliado Hitler não pode

Luiz Gama, o primeiro jornalista brasileiro negro 

Ele conseguiu aprender a ler e a escrever, serviu o Exército e descobriu o ofício da taquigrafia. Ele foi dono de pelo menos três jornais paulistas no século 19: O Cabrião (1866), Diabo Coxo (1864) e O Radical Paulistano

Orlando Silva: 20 de Novembro – Por um Brasil livre do racismo

Fomos a última nação a aboli-la e o fizemos sem reparação aos milhões de escravizados. Tal realidade legou uma sociedade profundamente desigual, que traz até hoje os traços do que chamamos racismo estrutural, como se pode verificar por qualquer