O que você está procurando?
A Comuna de Paris

A Comuna de Paris e as Tarefas da Ditadura Democrática

«A Deus rogando, e com o maço dando», reza o ditado com que se pretende contrariar o fatalismo religioso. «Às circunstâncias e ao processo rogando», dizemos nós, «e com o maço dando!». De contrário, alguém será um economista fatalista

A Experiência da Comuna de Paris – Análise de Marx

1. Onde Reside o Heroísmo da Tentativa dos Comunardos Como se sabe, alguns meses antes da Comuna, no outono de 1870, Marx, pondo de sobreaviso os operários parisienses contra o perigo, demonstrava-lhes que qualquer tentativa para derrubar o governo

Em memória da Comuna

Por que, pois, não só o proletariado francês, senão o de todo o mundo rende homenagem aos homens da Comuna como a seus precursores? Qual é a herança da Comuna? A Comuna surgiu de maneira espontânea, ninguém a preparou

Os ensinamentos da Comuna

A burguesia formava então um «governo de defesa nacional», sob cuja direcção o proletariado tinha do lutar pela independência nacional. Tratava-se, na realidade, de um governo «de traição nacional» que considerava sua missão a luta contra o proletariado de

A educação e a Comuna de Paris

INTRODUÇÃO Estamos a comemorar os 130 anos da Comuna de Paris. Mesmo sendo repetitivo, gostaria de relembrar que a Comuna foi um movimento iniciado em 18 de março de 1871, quando a população parisiense, tendo à frente o operariado,

Guerra, revolução e contra-revolução na França (1870-1871)

I- Bonapartismo, forma republicana e sufrágio universal Domenico Losurdo teve o mérito de examinar em profundidade, em livro que conquistou merecido reconhecimento internacional , o que podemos chamar paradoxo congênito do sufrágio universal: serviu, no dia 10 de dezembro

A guerra civil na França

Faço preceder o referido trabalho, mais extenso, das duas Mensagens, mais curtas, do Conselho Geral sobre a guerra franco-alemã(1*). Por um lado, porque na Guerra Civil é referida a segunda, ela mesma não inteiramente compreensível sem a primeira. Mas

A Comuna de Paris e as mulheres revolucionárias

RESUMEN: La participación femenina en las luchas revolucionarias es una constante en Francia, y que incluso se transforma en el símbolo de la República. Hasta recientemente las cuestiones relacionadas a las mujeres y sus luchas no eran motivo de

Carta a Ludwig Kugelmann

[Londres,] 17 de Abril de 1871 A tua carta chegou em ordem. Neste momento estou cheio de trabalho. Por isso, apenas algumas palavras. Para mim é totalmente incompreensível que possas comparar manifestações pequeno-burgueas à la(1) 13 de Junho de

Marx e a Comuna de Paris

Mas, numa contradição aparente, ele várias vezes expressou a opinião de que aquele levante operário e popular deveria ter sido evitado. Para ele, a Comuna continuou sendo uma tentativa heroica dos operários de assaltar os céus. Napoleão III, Bismark