Especiais - Datas Históricas e Efemérides

Setembro tem dia do Grito, Buraco do Tatu, Manuel Congo e Osvaldão

Cezar Xavier Publicado em 29.08.2021

Tantas datas esquecidas para além do episódio à beira do Ipiranga. Quilombos e quilombolas que enfrentaram o império escravista, assim como guerrilheiros que lutaram contra a brutalidade da ditadura militar.

Na escola só se fala do glorioso dia da Independência do Brasil. É mais fácil comemorar a chegada da Primavera do que tantas outras datas históricas marcantes que precisam ser lembradas. Como tudo no Brasil das elites atrasadas, é mais fácil ter milhares de estátuas e nomes de cidades do sanguinário Duque de Caxias, do que do líder quilombola Manuel Congo, perseguido por ele.

Por isso, segue uma lista com os fatos que o povo brasileiro pouco conhece, mas que fazem a força, resistência e representatividade daqueles que sobrevivem, apesar da brutalidade e retrocessos de tantos celebrizados pela história oficial.

O Não à Alca deveria ser feriado nacional pela resistência ao imperialismo. O Buraco do Tatu foi um quilombo destruído com toda a brutalidade que o poderio dos coronéis reservava aos rebeldes, assim como Manuel Congo teve seu quilombo destruído, foi perseguido e enforcado pelo capitão do mato, o futuro Duque de Caxias.

Mas teve também o sequestro do embaixador que levou a ditadura militar a libertar presos políticos. O guerrilheiro Osvaldão também tem seu dia 27 para lembrar a resistência do Araguaia contra os militares. Tem o dia em que brasileiros se manifestaram pelo mundo contra o presidente Collor de Mello, que fez milhões deixarem o país em busca de sobrevivência, pela primeira vez em 500 anos.

Julios Fuchik foi o jornalista e comunista tcheco enforcado aos 40 anos pelos nazistas, que deixou um livro importante divulgado por seu carcereiro. Setembro também é o mês em que uma farsa macartista levou à morte do casal judeu Cohen nos EUA. Bento Gonçalves e a Revolução Farroupilha também são muito lembrados em setembro. Assim como Mao Tse-Tung, Arafat e Allende, cujo 11 de setembro é mais importante para a América Latina, que aquele que gerou a desastrosa guerra ao terror de George Bush.

Confira tantos outros eventos históricos importantes e olvidados, abaixo:

DIA 1

2002: Dia do Não à Alca

Começa (até 7/9) o Plebiscito não oficial sobre a participação do Brasil na Alca (Área de Livre Comércio das Américas): 98,32% dos 10.234.143 votantes (em 41.758 urnas) votam que o Brasil não deve assinar o Tratado desejado por Washington.

1920: O censo demográfico passa a ser nesta data: o país tem 30 milhões de habs. Em 1940 é medida a taxa de urbanização: 31%. Em 1970 a população urbana passa a maioria (55%). Em 1990 Collor corta a verba do IBGE e atrasa o censo em 1 ano.

1939: A Alemanha invade a Polônia; começa a 2ª Guerra Mundial (o Brasil participa após 2/7/44).

1952: Os sindicalistas já não precisam tirar atestado de ideologia.

1971:  Plebiscito no Egito, Síria e Líbia aprova a criação da Federação das Republicas. Árabes.

1978: 1ª greve geral dos bancários de São Paulo pós-1964.

1978: Escolha dos governadores (só o do Rio de Janeiro é da oposição, adesista) e dos senadores “biônicos”.

1981: A CPT denuncia a prisão dos padres franceses Camio e Gouriou, por apoiarem posseiros do sul do Paraná.

1981: Golpe na Republica Centro-Africana.

1986: Greve dos ônibus pára São Paulo.

1992: OAB e ABI pedem o impeachment de Collor ao pres da Câmara.

1910 – A primeira semana de setembro é de festa para uma das maiores torcidas do Brasil. O Sport Club Corinthians Paulista completa aniversário. Foi fundado por um grupo de operários do bairro do Bom Retiro. A iniciativa rendeu troféus e sucesso internacional. A equipe é bicampeã mundial interclubes.

1939: Programa nazista de extermínio de judeus e não arianos Em 1º de setembro de 1939, Hitler assinou a autorização para que médicos e psiquiatras a concedessem “morte de misericórdia” a doentes incuráveis, deficientes mentais e físicos, assim acabar com judeus e “não arianos”.

 

DIA 2

1763: Dia do Buraco do Tatu

Expedição militar destrói o quilombo do Buraco do Tatu, perto de Salvador. Os 61 presos são marcados com ferro em brasa.          

1901: Roosevelt formula a frase-síntese da política externa dos EUA: “Fale macio e use um grande porrete (big stick)”.

1939: Vargas diz que Brasil fica neutro na 2ª Guerra Mundial.

1945: Ho Chi Min proclama a independência do Viuetnã.

1954: Greve geral anticarestia, liderada pelo Pacto de Unidade Intersindical, pára 1 milhão em São Paulo.      

1961: Emenda Constitucional nº 4: no compromisso parlamentarista, Goulart assume, mas sem força

1968: Discurso antimilitarista do dep. Márcio Moreira Alves (MDB-GB) contra a invasão policial da UnB. Será o pretexto para o AI-5.

1979: Começa mobilização da 1ª greve nos canaviais de PE em 11 anos.

1982: O TSE aplica a Lei Falcão e veta debates de candidatos na TV.

1985: Morto no quintal de casa, em Aliança, PE, o líder camponês Evanduir Pereira.

Fim da 2ª Guerra Mundial

O dia 2 de setembro de 1945 marca o fim da 2ª Guerra Mundial, episódio em que os japoneses, que integravam o Eixo, assinaram oficialmente a rendição. Os nazistas haviam concordado com a derrota no mês de maio daquele ano.  No acervo da Empresa Brasil de Comunicação, é possível entender mais sobre os episódios do maior conflito com entrevistas de especialistas e fontes testemunhais, incluindo a participação do Brasil na campanha na Itália. 

1992: Ato de 2 mil pró-impeachment em Manaus.

Dia do Repórter Fotográfico – comemoração extraoficial de brasileiros, que aparece listada em vários calendários brasileiros de datas festivas, e que conta com o apoio de várias entidades representativas da categoria, como por exemplo, a Associação Profissional dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado do Rio de Janeiro

1944: Programa Morgenthau para a Alemanha pós-guerra Em 2 de setembro de 1944, o secretário do Tesouro dos EUA apresentou um plano para a Alemanha pós-guerra, rejeitado pelo presidente Roosevelt. Entre os 14 pontos do plano, a transformação da Alemanha em país agrícola.


DIA 3

1992 – Dia dos Brazucas

Atos pró-impeachment de Collor em Porto Alegre, Fortaleza e Nova York, EUA. Este reúne 10 mil pessoas e chama atenção para os brazucas, novos personagens do mundo neoliberal: pela 1ª vez em 500 anos, perto de 2 milhões de brasileiros tiveram de deixar a pátria para buscarem sustento.

1759: Lisboa expulsa da colônia os jesuítas, acusados de um “façanhoso projeto” de “usurpação de todo o estado do Brasil”.

1884: D. Pedro II dissolve a Câmara, dado o impasse abolicionistas-escravistas.

1945: O PCB solicita seu registro ao TSE e inicia, pela 1ª vez, 2 anos de legalidade.

1966: “Eleição” indireta para governador em 12 estados. A ditadura, “vence” todas

1969: Morre aos 79 anos Ho Chi-min, líder comunista vietnamita, sem chegar a assistir a vitória final da resistência de seu povo à agressão americana, que virá em 75.  

1971: Independência de Catar, ex-colônia inglesa.

1987: Golpe no Burundi.

1954: Criação da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), depois integrada à Fundação Oswaldo Cruz

1940 – O dia 3 é de celebração dos uruguaios pelo nascimento do escritor Eduardo Galeano, que morreu 2015, mas seus livros continuam na lista dos mais vendidos no continente, como As veias abertas da América Latina.

1971: Tratado das Quatro Potências sobre Berlim No dia 3 de setembro de 1971, as potências vitoriosas na Segunda Guerra Mundial assinaram um acordo definindo o status de Berlim e regulamentando o trânsito de pessoas entre os dois lados da cidade dividida.

 

DIA 4

1969: Dia do Sequestro – Comando da ALN-MR8 sequestra o embaixador Elbrick, dos EUA, trocado pela libertação de 15 presos políticos. Discute-se a forma de luta “foquista” (isolada), mas, em plena Junta Militar, ela repercute imensamente.      

1850: Lei Eusébio de Queirós, sob pressão inglesa, trata tráfico negreiro como pirataria.

1930: Paraíba, capital da PB, troca o nome para João Pessoa.

1931: Soldados rebeldes atacam Central de Polícia no Rio de Janeiro.

1970: Salvador Allende, do PS, é eleito pres. do Chile, ao candidatar-se pela 4ª vez. Curta e conturbada experiência socializante até o golpe de 1973.

1973: O MDB lança Ulisses Guimarães-Barbosa Lima como “anticandidatos”.

1980: O Congresso adia eleição municipal de 1980 para 1982.

1986: O Ministro do Exército se opõe a apurar o caso de Rubens Paiva, desaparecido em 1971.

1989: 2.500 famílias sem-terra ocupam fazenda em Santa Catarina.

1990: O corpo de Salvadoir Allende é trasladado para Santiago do Chile.

1994: Morre o cartunista Fortuna.

1995: Começa em Pequim a Conferência da ONU sobre os direitos da mulher, com 35 mil mulheres de 185 países.

1995: Morre o expoente da dramaturgia brasileira, o ator Paulo Gracindo.

1964: Nascimento do ex-atleta fluminense Robson Caetano da Silva – especializado em corridas de curta distância, participou de quatro Jogos Olímpicos

1939: Nascimento do músico paulista José Ramiro Sobrinho, o Pena Branca – formou a dupla sertaneja “Pena Branca e Xavantinho” junto com seu irmão Ranulfo Ramiro da Silva, o Xavantinho

1839: Morte do escravo congolês Manuel Congo – líder da maior rebelião de escravos do Vale do Paraíba

 

DIA 5

1969 – Dia contra a pena de morte

A Junta Militar baixa os Atos Institucionais 13 e 14, que criam as penas de morte e banimento, esta aplicada aos presos trocados pelo embaixador dos EUA.

1820: Artigas e seus homens se refugiam no Paraguai, Portugal incorpora o Uruguai ao Brasil, com o nome de Banda Oriental.

1838: Manifesto farroupilha expõe os motivos da revolução.

1850: Rio Negro, comarca do PA, torna-se província do Amazonas.

1893: O couraçado Aquidabã inicia no Rio a Revolta da Armada, de índole monarquista.

1917: Ferroviários do Recife iniciam greve, que se expande.

1960: Criada em Bagdá a Opep (Org. dos Países Exportadores de Petróleo), que em 73 usará o embargo como arma contra o imperialismo.

1972: A censura proíbe a imprensa de publicar notícias sobre a Anistia Internacional.

1979: Greve nos bancos de Porto Alegre. Intervenção no sindicato, 5 prisões, inclusive do seu pres., Olívio Dutra (hoje gov. do RS).

1983: Desempregados acampam diante da Assembléia Legislativa de São Paulo.

1985: Theodomiro dos Santos, o último exilado, volta ao Brasil.

Dia da Amazônia

Dia Internacional da Mulher Indígena – comemoração instituída durante o 2º Encontro de Organizações e Movimentos da América que referendou decisão do Congresso Camponês da Bolívia de 1978, para marcar a data da morte da guerreira aymara e opositora do regime colonial espanhol, Bartolina Siza Maturana, que, juntamente com sua cunhada e também heroína aymara, Gregoria Apaza, foi enforcada e esquartejada por colonizadores espanhóis em 5 de setembro de 1782

1914: Nascimento do poeta e matemático chileno Nicanor Parra

 

DIA 6

1839 – Dia do Manuel Congo 

Enforcado em Vassouras, RJ, o chefe quilombola Manuel Congo. A prisão de Manuel e a destruição de seu quilombo, nos contrafortes da serra do Mar, foi tarefa do futuro duque de Caxias, na época capitão.

1878: Criados os 1os cursos para educação de adultos.

1901: Atentado do anarquista Leon Czolosz em Buffalo mata o pres. dos EUA, McKinley.

1930: Golpe militar na Argentina.

1972: A PF proíbe menções da imprensa ao decreto de d. Pedro I abolindo a censura.

1974: 1º Congr. dos Metalúrgicos de São Bernardo dos Campos, São Paulo.

1979: Brizola retorna de 15 anos no exílio, recebido por 3 mil em S. Borja, Rio Grande do Sul.  

1995: 2.300 sem-terra ocupam a faz. Boqueirão, Rio Grande do Sul Serão expulsos pela tropa de choque.

1995: Greve geral pára a Argentina contra a política neoliberal e o desemprego de 18,6%.

1998: Fidel Castro visita o Brasil, reúne-se com FHC e Lula.

2000: Conclui-se no Brasil o plebiscito sobre a dívida externa: votaram 6 milhões, 5,7% do eleitorado; 95% contra a dívida e o acordo com o FMI.

Dia Internacional de Ação pela Igualdade da Mulher

 

DIA 7

1822 – Dia do Grito – Grito do Ipiranga. No calendário oficial, a data marca a independência do Brasil. Na verdade, a separação de Portugal inicia bem antes (1808), finda bem depois (com a derrubada de d. Pedro I, 1831) e não resolve por inteiro a questão da dependência, que volta a se agravar com a ofensiva neoliberal dos anos 90

1822: Maçons presos no Rio por “demagogia” (subversão).

1824: 1º empréstimo externo ao Brasil, o Português, tomado em Londres, com a renda da alfândega como garantia.

1831: Levante na Artilharia da Marinha, Rio.

1869: Surge em Salvador a Sociedade Abolicionista 7 de Setembro.

1873: Surge o semanário O Sexo Feminino.

1884: Conf. abolicionista em Campos, RJ. Onda de incêndios nos canaviais.

1884: Já não há cativos em Porto Alegre.

1919: O jornal anarquista A Plebe torna-se diário.

1940: A aviação nazista inicia o bombardeio de Londres, durante a 2ª Guerra. A blitz dura 57 noites consecutivas.

1950: Elisa Branco é presa por levar ao desfile militar a faixa: “Os soldados, nossos filhos, não irão para a Coréia”.    

1968: Protesto estudantil inviabiliza a parada militar em Goiânia.

1978: Passeata de 100 mil contra o xá em Teherã.

1986: O bispo anglicano e militante antiracista Desmond Tutu sagra-se arcebispo de Cidade do Cabo. É o 1º negro a dirigir a Igreja Anglicana na África do Sul.

1994: 1º Grito dos Excluídos, com apoio da CNBB. Celebrado todo ano, em centenas de cidades, reúne multidões e têm forte ênfase antineoliberal.

1904: Inauguração da Avenida Central (hoje Avenida Rio Branco) pelo então Prefeito Pereira Passos e pelo Presidente Epitácio Pessoa, como parte de uma reforma urbana que criou as primeiras favelas da cidade ao expulsar a população mais pobre do centro do Rio.

1944: Inauguração da Avenida Presidente Vargas

 

DIA 8

1943 – Dia do Fuchik  

Enforcado pelos ocupantes nazistas o jornalista e dirigente comunista tcheco Julios Fuchik, 40 anos. Antes de morrer, escreve o livro-denúncia Testamento sob a forca, conservado graças a um carcereiro que simpatiza com a resistência.

1558: Índios Goitacaz assediam Vila Nova (Vitória, Espirito Santo) e enfrentam a tropa de Diogo de Moura.

1647: Bandeirantes de SP arrasam a missão Guarani de N. Sª do Taré (MT). Os remanescentes formam a redução de Mboimboi, também destruída.

1848: Agitação do partido brasileiro (nacionalista) no Rio durante as eleições.

1913: 2º Congresso Operário (Rio, 117 delegados). Luta pela jornada de 8 hs. e o salário mínimo.

1923: Passeata de protesto ruma para o palácio do Catete, sede do governo, no Rio de Janeiro.

1936: Criado o Tribunal de Segurança Nacional: em 9 anos, condena 4.100 pessoas por motivos políticos.

1953: Os guerrilheiros que rechaçam a anistia de R. Pinilla formam as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, nome formalizado em 65).

1978: Portaria 3.337 reitera, em vão, a proibição das articulações intersindicais.

1978: A polícia do xá dispara sobre passeata de 500 mil em Teherã. Milhares de mortos.

1992: A Câmara inicia processo de impeachment de Collor.

Dia Mundial da Alfabetização – data reconhecida pela ONU

1914: Nascimento do repórter, advogado, empresário, escritor e bibliófilo paulista José Mindlin – membro da Academia Brasileira de Letras, era guardião da maior e mais importante coleção particular de livros do país

1504: Primeira exibição pública da escultura “David”, de Michelangelo

 

DIA 9

1976 – Dia do Mao

Morre aos 82 anos em Pequim Mao Tsetung (Mao Zedong), líder da revolução e da experiência socialista na China.

1828: Nasce em família da nobreza o romancista russo Leon Tolstoi, autor de Guerra e Paz, que retratará e denunciará com maestria a velha Rússia servil, de um ponto de vista democrático-camponês.

1940: Começa o cerco nazista a Leningrado. Casos de canibalismo, motivados pela fome durante o assédio, darão lugar à versão de que “comunista come criancinhas”.

1944: Insurreição na Bulgária encaminha o país para o socialismo.

1948: Crise de Berlim (até 12/5/1949). Cristaliza-se a divisão da Alemanha em 2 estados hostis.

1966: O mal. Amaury Kruel deixa o 2º Exército com manifesto de crítica aos rumos do regime militar.

1974: 1º debate político pela TV pós-64, entre Nestor Jost (Arena) e Paulo Brossard (MDB).

1989: A Romaria da Terra, em Sta. Luzia, MA, reúne 20 mil pela reforma agrária.

1991: Assaltante mata a tiros menino de 14 anos na periferia de São Paulo, por não querer entregar-lhe o tênis.

1991: A CNBB denuncia a violência latifundiária.

 

DIA 10

1837 – Dia da fuga do Bento 

O líder republicano Bento Gonçalves foge em canoa da prisão no forte do Mar, BA. Volta ao RS e retoma a Revolução Farroupilha.

1808: A Gazeta do Rio de Janeiro, 1º jornal impresso no Brasil, oficial, 4 págs., sob censura.

1836: Vitória farroupilha na batalha de Seival, Rio Grande do Sul.

1964: “Quebra do Souto”: o banco Souto & Cia, Rio, suspende o pagamento de 10 mil depositantes.

1918: Soldados búlgaros se amotinam no front da 1ª Guerra.

1924: Marines dos EUA invadem Honduras.

1974: Portugal reconhece a independência da Guiné-Bissau, sua ex-colônia, após anos de guerrilha.

1976: Geisel decreta “de segurança nacional” 9 municípios do MT e AC.

1979: Morre Agostinho Neto, fundador do MPLA, líder da luta de libertação e 1º pres. de Angola.

1984: 31 mineiros de Urussanga, SC, morrem em explosão, maior tragédia do carvão brasileiro.

1985: Greve nacional dos bancários. Forte adesão.

1991: 1ª apreensão de crack, no Rio.

1992: Atos pró-impeachment de Collor em Recife, Porto Alegre e Maringá.

1993: O Senado vota até 100% de capital estrangeiro nas privatizações. Leilão da Açominas: protesto em MG, 50 presos, 20 feridos.

Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio –  por iniciativa da Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio em parceria com a Organização Mundial da Saúde, que conta com o apoio de organizações de prevenção ao comportamento suicida em todo o mundo

 

DIA 11

1973 – Dia do Allende

Golpe militar no Chile. O gen. Pinochet derruba o governo socialista e instala uma ditadura militar. O pres. Salvador Allende morre no decorrer da resistência. O estádio de futebol de Santiago converte-se em prisão. Vários brasileiros exilados no Chile serão presos, 5 assassinados.

1836: Farroupilhas de Jaguarão pregam a República.

1942: Bento Gonçalves, dirigente do PC Português, morre de maus tratos no campo de concentração salazarista de Tarrafal.

1971: O Egito promulga sua 1ª Constituição.

1979: Greve metalúrgica em 9 cidades do Rio de Janeiro.

1986: Sucessão de greves dos estivadores de Santos, São Paulo (até 2/10).

1991: Greve nacional de 60 mil petroleiros. Collor revida com demissões e multas.

1991: Greve nacional dos bancários.

1992: Privatização da petroquímica Polisul.

1996: A Comissão Especial dos Mortos e Desaparecidos sob a ditadura responsabiliza o estado pelas mortes de Mariguela, Lamarca e José Campos Barreto. Determina indenização das famílias.

2001: Atentados terroristas destróem as torres do World Trade Center, Nova York, e parte do Penágono, Washington, deixando perto de 3 mil mortos. O pres. Bush revida prometendo uma guerra sem fronteiras, suja e prolongada, que começa pelo ataque ao Afeganistão (7/10).

Dia Nacional do Cerrado

 

DIA 12

1963 – Dia dos Sargentos      

O STF decide que os sargentos eleitos em 1962 não podem tomar posse. Rebelião, dominada, de 600 sargentos da Marinha e Aeronáutica em Brasília: toma prédios públicos, prende oficiais. Atacada, resiste. O combate deixa 2 mortos.   

1854: Criado no Rio o Imperial Instituto dos Meninos Cegos (hoje Benjamin Constant).

1866: Solano López propõe conversações para pôr fim à guerras, o Brasil recusa.

1870: A Câmara rejeita por 54 votos a 21 projeto abolicionista de Teixeira Júnior.

1876: 1ª usina de açúcar do país, em Macaé, Rio de Janeiro.

1973: 24 hs. após o golpe, o gen. Pinochet transforma o Estádio Nacional de Santiago em megaprisão (7 mil presos no dia 22).

1974: Revolução na Etiópia derruba o imperador Selassiê.

1977: Morre na prisão, devido a sequelas de espancamento, o líder negro sul-africano Steve Biko, 31 anos. Só em 1997 se apurará o crime.          

1989: Sem-terra ocupam fazenda em Sta Luzia, MA. São espancados e expulsos pela PM.

1989: Assassinado Valdício Barbosa dos Santos, sindicalista rural de Pedro Canário, ES.

1990: Greve nacional dos bancários.

1994: Greve de 77 mil metalúrgicos do ABC, São Paulo, pela reposição da inflação pós-Plano Real.

1959: JK autoriza o fechamanto da barragem do Paranoá, abrindo assim a comporta e dando início à formação do lago – a resistência dos candangos em sair do local fez com que a Vila Amaury ficasse submersa

1969: Criação da Empresa Brasileira de Filmes S.A., a Embrafilme, por meio do decreto-lei Nº 862

1944: Nascimento da cantora, compositora, atriz e política fluminense Leci Brandão – conhecida intérprete de samba, é também Deputada Estadual em São Paulo

1974: Imperador etíope Hailé Selassié é derrubado Em 12 de setembro de 1974, o soberano da Etiópia, Hailé Selassié, foi derrubado pelos militares, após quase meio século no poder.

 

DIA 13

1993 – Dia do Acordo 

Assinado nos EUA acordo de paz Israel-OLP, Esta assume controle parcial dos territórios palestinos ocupados. Apenas parcialmente cumprido, não supera a crise palestina. De seus signatários, Yitzahk Rabin é assassinado 25 meses depois, por um fanático judeu. Iasser Arafat morre em 2004, em circunstâncias pouco esclarecidas.            

1821: Fim da escravidão no México.

1824: Confederação do Equador: violento combate no Recife entre tropas imperiais e rebeldes republicanos.

1966: Criado o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Fim da estabilidade nas empresas privadas.

1968: Os ministros militares taxam de “ofensiva” a fala do dep. Márcio Moreira Alves em 2/9.

1978: Os professores estaduais de SP voltam às aulas após 23 dias de greve, a 1ª pós-1964.

1979: Greve nos bancos do Rio de Janeiro e São Paulo. Intervenção nos sindicatos.

1949: Nascimento do compositor, cantor, instrumentista, arranjador e produtor paulista Itamar Assumpção – integrante do movimento conhecido como Vanguarda Paulistana

Dia Nacional de Luta dos Acidentados por Fontes Radioativas –  instituída pela Lei Nº 12.646 de 16 de maio de 2012; tem por fim marcar a data do início do acidente radiológico de Goiânia ocorrido a partir de 13 de setembro de 1987

 

DIA 14

1984 – Dia do Tancredo

1º comício da candidatura presidencial de Tancredo, em Goiânia. No estilo das Diretas, com 300 mil pessoas, é a maior manifestação da história da cidade.      

1830: Chega ao Brasil a notícia da Revolução de Julho na França.

1927: Isadora Duncan, 50 anos, morre em Nice, estrangulada por um xale que se prende à roda de seu carro. Pioneira do balé moderno, admiradora da URSS, criara em 22 uma escola de dança em Moscou.

1942: O 5º Congresso da UNE exige que o Brasil entre na guerra contra Hitler.

1959: O veículo espacial soviético Luna 2 é o 1º artefato feito pelo homem que chega à superfície da Lua.

1968: Bomba na livraria Civilização Brasileira, engajada na oposição.       

1971: Stuart Angel morre após torturas no Cisa, base aérea do Galeão, Rio de Janeiro.

1973: O Brasil é dos 1os a reconhecer o regime Pinochet, 3 dias após o golpe.

1974: Começa a rodar a 1ª linha (7 km) do 1º metrô do Brasil, em São Paulo.

1977: Convenção extraordinária do MDB defende a Constituinte e ampla anistia.

1989: A PF apreende jornal O Pasquim com fotomontagem de Paulo Maluf.

1989: Sam Nujoma, líder da Swapo, volta à Namíbia após exílio de 30 anos.

1769: Nascimento do geógrafo, naturalista e explorador nascido na Prússia Friedrich Wilhelm Heinrich Alexander von Humboldt – conhecido como o pai da biogeografia

1989: Morte do pianista e compositor cubano Pérez Prado – considerado o maior expoente do Mambo. Ficou imortalizado como “Rei do Mambo” devido ao seu sucesso arrebatador

Dia Latino-Americano e Caribenho da Imagem da Mulher nos Meios de Comunicação – data consagrada em homenagem ao programa Viva Maria. A jornalista é uma das brasileiras fundadoras da Rede de Jornalistas com Visão de Gênero das Américas, criada em 2016.

1974: Entra em operação comercial o trecho Jabaquara-Vila Mariana em São Paulo – primeira linha de metrô do Brasil

1515: Suíça declara neutralidade No dia 14 de setembro de 1515, uma pequena confederação nos Alpes Ocidentais decidiu, através de uma declaração, abdicar de todos os conflitos armados ou guerras. Esta declaração foi a pedra fundamental da Suíça.

 

DIA 15

O ex-gov. Miguel Arraes torna ao Recife após 14 anos de exílio. Tem a maior recepção de todos os exilados: 20 mil pessoas. Governará PE por mais 2 vezes, em 1987-90 e 1995-98.

1869: A lei passa a proibir o leilão público de escravos, a separação de casais e de pais e filhos cativos.

1890: Eleição da 1ª Constituinte republicana.

1903: Greve dos bondes e cocheiros no Rio.

1903: 1ª lei de expulsão de estrangeiros.

1928: O biólogo escocês Alexander Fleming descobre, casualmente, o efeito antibiótico da penicilina. É a descoberta que mais vidas humanas já salvou.

1944: Batismo de fogo da FEB, em Vada-Ostedaletto.

1966: Protesto nacional estudantil.

1971: Criada no Canadá a entidade ambientalista e pacifista Greenpeace.

1975: Independência de Papua Nova Guiné, ex-dependência australiana.

1977: A PM dispersa passeata estudantil no Recife.

1988: Protestos populares e saques no Peru.

Dia Internacional da Democracia – data reconhecida pela ONU

1894: Nascimento do cineasta, escritor, argumentista, encenador e ator francês Jean Renoir – incompreendidos e subestimados no seu tempo, os seus filmes são hoje considerados entre as obra máximas do realismo poético francês

 

DIA 16

1931 – Dia da Frente Negra   

 Nasce em S. Paulo a Frente Negra Brasileira, “pela afirmação dos direitos históricos da gente negra”. Expande-se no RJ, PE, BA, MG, RS, edita o jornal Clarim da Alvorada e promove manifestações anti-racistas. Fechada pelo golpe de 1937.

1751: O capitão-mor de SE queixa-se à Coroa do nº de fugas de escravos.

1810: Grito de Dolores: revolução social e anticolonial no México arma 80 mil homens sob comando dos pes Miguel Hidalgo (decapitado, 1811) e José Morelos (fuzilado, 1815).

1917: O rei separa AL de PE, como castigo pela Revolução de 1817.

1920: Tropa do Exército invade sindicatos e espanca sindicalistas em PE.

1931: O Japão invade a Manchúria, região nordeste da China.

1955: Estoura en Córdoba, Argentina, o golpe que derruba Perón.

1973: Assassinado, após ter as mãos decepadas, no Estádio Nacional de Santiago, o cantor popular chileno Victor Jara.

1977: Início da campanha sindical por reajuste de 34,1%, para repor os salários manipulados pelo índice inflacionário de 1973. Reanimação sindical inédita desde 1964.

1982: Massacre de Sabra e Chatila, Líbano, sob instigação das tropas israelenses de ocupação; 2.750 homens, mulheres e crianças mortas.

1984: 1ª greve geral dos canavieiros de PE após 64 (240 mil). Os 30 mil do RN seguem o exemplo em 5/10. Os 120 mil da PB em 15/10. Renascimento sindical.           

1989: 450 PMs atacam ocupantes de fazenda em Palma Sola, SC: 1 morto, 72 feridos.

1992: Atos do Fora Collor no Rio (165 mil), Curitiba, Maceió, Brasília.

2000: Fujimori, sob pressão dos EUA e da oposição, promete nova eleição presidencial no Peru.

Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio – data reconhecida pela ONU

 

DIA 17

1971 – Dia do Lamarca

 Após dias de caçada humana no sertão baiano, a repressão encurrala e executa a sangue-frio em Ipupiara o capitão-guerrilheiro Carlos Lamarca. Abatido na mesma ocasião José Campos Barreto, também militante do MR-8.   

1824: Derrota da Confederação do Equador. O exército imperial toma o último reduto republicano no Recife.

1976: A censura apreeende o sempre irreverente semanário O Pasquim.

1978: Conclui-se em Camp David conferência de paz Egito-Israel-EUA.

1979: Golpe no Afeganistão.

1980: Comando argentino executa no Paraguai Anastacio Somoza, ex-ditador da Nicarágua.

1984: 2 pistoleiros matam o líder sindical Nonatinho, de Sta Luzia, MA. No sepultamento (19/9), 5 mil camponeses exigem reforma agrária e justiça

1984: 11 mil metalúrgicos da Cosipa ocupam a usina, em Cubatão, São Paulo.

1985: Pistoleiros matam o sindicalista Salvador Alves dos Santos, de Paragominas, PA.

1998: 2 mil ex-garimpeiros de Serra Pelada bloqueiam a CEF de Marabá, PA. Exigem que a Caixa pague o paládio que comprou.

1979: Morte do médico, escritor e político angolano Agostinho Neto (40 anos) – líder da Independência e primeiro presidente de seu país

1854: Inauguração do Instituto Benjamin Constant, primeira instituição brasileira dedicada à educação de deficientes visuais

1179: Morre a abadessa Hildegard von Bingen Mística, compositora, teóloga e autora de livros de medicina natural, Hildegard von Bingen, uma das personagens femininas mais interessantes da Idade Média, morreu em 17 de setembro de 1179.

 

DIA 18

1990 – Dia do Cemitério de Perus     

A prefeitura de São Paulo (gestão Erundina) descobre em Perus cemitério clandestino com ossadas de vítimas da ditadura. É o 1º achado do gênero. A Unicamp inicia as identificações.

1822: Levante da tropa de negros e pardos no Recife. O mestiço Pedro da Silva Pedroso lidera.

1828: Nasce o Supremo Tribunal de Justiça (após 1891 STF).

1850: Lei de Terras limita seu acesso e consolida o domínio do latifúndio.

1946: Promulgada a Constituição de 46. Vigente até o golpe de 64, produz uma democracia limitada e frágil.

1950: No ar (das 18 às 23 hs.) a TV Tupy, 1ª da América Latina (São Paulo).

Dia Nacional da Televisão – comemoração que foi instituída pela Lei 10.255 de 9 de julho de 2001; tem por fim marcar a data da inauguração da PFR-3 TV Difusora (mais tarde TV Tupi), como a 1ª emissora de televisão do Brasil e da América Latina, e a 4ª do mundo, integrada então ao império jornalístico Diários e Emissoras Associados

1962: Hermes Lima, PSB, é 1º-ministro no parlamentarismo (por 4 meses).

1963: Greve nacional dos bancários.

1969: Nova Lei de Segurança Nacional, a pior: inclui as penas de morte, prisão perpétua e banimento.

1970: Morre (de overdose) o guitarrista americano Jimmy Hendrix, 24 anos.

1977: A ditadura uruguaia expulsa Brizola, que se asila em Portugal.

1981: Independência de Belize, ex-colônia inglesa.

1992: Atos pró-impeachment: São Paulo (1,2 milhão), Belo Horizonte, João Pessoa, Natal

1998: A polícia mata 500 ao reprimir protestos populares na Birmânia (Mianmar).

1819: Nascimento do físico e astrônomo francês Jean Bernard Léon Foucault – conhecido pela invenção do pêndulo de Foucault, um dispositivo que demonstra o efeito da rotação da Terra

Dia do Início da Semana Nacional de Trânsito – a semana foi instituída pela Resolução Nº 420 de 31 de julho de 1969 do Conselho Nacional de Trânsito do Brasil, e que está ratificada no Artigo Nº 326º da Lei Nº 9.503 de 23 de setembro de 1997, pela qual também se instituiu o Código Nacional de Trânsito no Brasil

1973: As duas Alemanhas entravam nas Nações Unidas Em 18 de setembro de 1973, a Alemanha Ocidental e a Alemanha Oriental eram admitidas como membros da ONU. Esta é uma das consequências da política de distensão do então chanceler federal Willy Brandt.

 

DIA 19

1835 – Dia da Farroupilha     

Os farrapos (liberais avançados) do RS tomam Porto Alegre. O pres. da província foge. Inicia a fase armada da Revolução Farroupilha, republicana, aboliconista, que resistirá por 10 anos às armas imperiais.  

1761: Pombal extingue a escravidão em Portugal. Os cativos do Brasil se agitam querendo o mesmo.

1837: Feijó deixa a Regência. Sobe o futuro marquês de Olinda, oligarca de PE, que inicia fase de reação.

1921: Abd el Krim proclama a República do Rif, nas montanhas do Marrocos, desafiando o poder colonial espanhol e francês.

1946: Congresso de sindicatos funda a CGTB (Confederação Geral dos Trabalhadores do Brasil).

1954: Golpe militar leva o gen. Stroessner ao poder no Paraguai (até 89).

1956: Amílcar Cabral funda o PAIGC, que dirigirá a guerrilha de libertação da Guiné-Bissau e Cabo Verde.

1956: Lei 2.874 autoriza JK a mudar a capital para Brasília. A UDN se opõe.         

1988: Lei marcial e toque de recolher na Birmânia (Mianmá), face a manifestações antiditatoriais.

1989: Greve dos eletricitários no Rio de Janeiro.

1989: 3.300 sem-terra ocupam fazenda em Cruz Alta, Rio Grande do Sul.

1994: Desdembarque de marines dos EUA no Haiti.

1997: 7 mil sem-terra fazem a maior ocupação do ano, em Itaquiraí, Mato Grosso do Sul.

 

DIA 20

1919 – Dia do Spártacus        

A polícia apreende o jornal operário Spártacus. O nome do semanário, recém-fundado no Rio, foi tomado do chefe da grande rebelião de escravos da Roma antiga, 2 mil anos atrás. Voltara à cena social em 1915, graças aos espartaquistas, revolucionários internacionalistas alemães como Rosa Luxemburg.         

1870: O senador Nabuco de Araújo propõe fundo público de mil contos de réis para alforriar escravos. O Senado não aceita.

1920: Gandhi inicia na Índia a 1ª campanha de não-cooperação contra o domínio inglês.

1923: Começa a guerra civil contra os senhores de guerra na China. O recém-fundado PC participa.

1929: A Aliança Liberal expõe seu programa (anistia ampla, voto secreto) e lança Vargas candidato à presidência, com bases no RS e MG.  

1953: A França colonialista depõe o sultão do Marrocos.

1977: A PM-SP bloqueia o campus da USP para impedir o 3º Encontro Nacional dos Estudantes.

1979: Deposto o tirano Bokassa I. Proclamada a nova República Centro-Africana.

1983: Repressão a passeata estudantil contra aumento do ônibus em Manaus: 25 feridos.

1983: 2 mil mulheres, impedidas de se alistar nas frentes de trabalho, levam 10 t. de alimentos em S. Miguel, no Rio Grande do Norte assolado pela seca.

1999: Morte do cantor juvenil fluminense Floriano Belham – muito popular nos anos 1920 e 1930, tendo sido a primeira “criança” no mundo a gravar um disco profissional, em 1929

1914: Brasil e Argentina se enfrentam no futebol pela primeira vez, em amistoso em Buenos Aires (105 anos) – vitória de 3 x 0 para a Argentina

1619: Fernão de Magalhães inicia viagem de circum-navegação

1999: Tropas de paz da Força Internacional para Timor-Leste (InterFET) são implantadas em Timor-Leste para pacificar e assegurar a independência do país

 

DIA 21

1954 – Dia da Ultab

2ª conferência nacional de trabalhadores do campo (S. Paulo) decide criar a Ultab (União dos Lavradores e Trabalhadores Agrícolas do Brasil). Os anos 50 vivem o início da 1ª onda de lutas pela reforma agrária no país. 

1677: Expedição de Fernão Carrilho parte contra Palmares.

1920: Congresso do PS uruguaio decide aderir à 3ª Internacional. Nasce o PC do Uruguai.

1954: A repressão ataca comício no Zumbi, periferia do Recife.

1956: O patriota Rigoberto Pérez mata o gen. Somoza. O filho deste, Luís Somoza, assume como ditador da Nicarágua.       

1976: Agentes de Pinochet matam nos EUA O. Letelier, ex-min. do Exterior do Chile.

1980: Começa a Guerrra Irã-Iraque, que fará 1 milhão de mortos; 2ª crise do petróleo.

1983: Com as galerias lotadas, o Congresso rejeita pela 1ª vez desde 1964 um decreto do presidente. É o 2024, de arrocho dos salários.

1987: Greve dos canavieiros de PE.

1990: Ayrton Senna sagra-se, antecipadamente, campeão mundial da Fórmula 1.

1993: Começa na Rússia o braço-de-ferro entre Ieltsin e o Congresso, com maioria de oposição e apoiado por protestos de massa.

1997: A direção do PT lança Lula candidato à presidência em 1998, propondo uma frente com o PDT, PSB e PCdoB.

Dia Internacional da Paz – data reconhecida pela ONU

Dia Nacional de Luta da Pessoa Portadora de Deficiência

Dia da Árvore

Dia Mundial do Doente de Mal de Alzheimer – instituída em 1994 e que está oficializada no Brasil como “Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer”; tem por fim marcar a data da fundação da “Doente de Mal de Alzheimer Internacional”, que foi criada com apoio da Organização Mundial da Saúde

1921: Explosão na fábrica da Basf Uma explosão na área da Basf nas proximidades de Ludwigshafen no dia 21 de setembro de 1921 acabou se tornando uma catástrofe.

 

DIA 22

1977 – Dia da PUC     

A PM do cel. Erasmo Dias invade a PUC-SP. Prende 800 e queima gravemente 2 universitárias. O cardeal d. Evaristo Arns protesta contra a invasão (25/9).          

1866: Vitória paraguaia em Curupaití, atacada por 19 mil brasileiros e argentinos.

1909: Primavera de Sangue: a polícia do Rio mata 2 estudantes em passeata.

1897: Antonio Conselheiro morre, após longo jejum, em Canudos, BA, sitiada e asfixiada pelo exército. Após a derrota final, seu cadáver será exumado, fotografado e degolado.

1923: Insurreição operário-camponesa na Bulgária, liderada por Dimitrov, chega a tomar algumas cidades.

1949: 1º teste nuclear da URSS.

1960: Independência do Mali, ex-colônia da França.

1966: Dia nacional de luta contra a ditadura, convocado pela UNE.

1976: A AAB (Aliança Anticomunista Brasileira) sequestra e espanca d. Adriano Hipólito, bispo de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro.

Dia Mundial Sem Carro

Dia do Atleta Paralímpico – instituído a partir do decreto de lei nº 12.622, de 8 de maio de 2012. Esta data é celebrada em sequência ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

 

DIA 23

1936 – Dia da Olga    

Olga Benário, judia alemã e militante comunista, 28 anos, grávida de 7 meses, é entregue à Gestapo nazista em meio à onda repressiva pós-1935. Terá a filha Anita Leocádia em um cárcere alemão e morrerá, na câmara de gás, em 1942.

1829: Liquidado o 1º Banco do Brasil, por inadimplência.

1850: Morre aos 86 anos, no exílio em Assunção, José Artigas, herói da independência do Uruguai e das Américas.

1865: Brasil e Inglaterra reatam relações, rompidas pela Questão Christie (1862).

1900: 5º Congresso da 2ª Internacional, em Paris. A única delegação latino-americana é a argentina.

1934: Semana Antiguerreira, de conteúdo antifascista.

1948: Congresso do DF (Rio) em Defesa do Petróleo. Termina em repressão policial.

1950: Aprovada nos EUA a lei McCarthy. Início da “caça às bruxas” anticomunista.

1966: Massacre da Praia Vermelha. A PM invade a Fac. de Medicina e espanca estudantes no Rio.

1973: A Argentina elege Perón, que se exilara durante a ditadura.

1973: Morre, 12 dias após o golpe de Pinochet, o poeta e comunista chileno Pablo Neruda.

1974: O PAIGC proclama unilateralmente a independência da Guiné-Bissau, após anos de guerrilha.

1991: Greve geral nos 54 portos brasileiros.

1996: Começam os protestos palestinos contra o túnel sob a mesquita de Al-Aksa; 60 mortos.

1939: Morte do médico neurologista austríaco Sigmund Freud – criador da psicanálise

Equinócio de Primavera no Hemisfério Sul

Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres, Meninas e Meninos – comemoração instituída em 1999 a partir da cidade bangladeshiana de Dhaka pela Conferência Mundial da Coalizão contra o Tráfego de Mulheres ou Crianças

Dia Internacional das Línguas de Sinais – data reconhecida pela ONU

2005: Morre no Rio Apolônio de Carvalho, 93, o Herói das 3 Pátrias: Brasil (levante de 35), Espanha (Guerra Civil) e França (Resistência antinazista).  

 

DIA 24

1839 – Dia do Garibaldi         

Giuseppe Garibaldi, o Herói de Dois Mundos, toma Laguna e proclama em SC a República Juliana. A Revolução Farroupilha rompe, temporariamente, o isolamento imposto pela armada imperial.

1639: Os indígenas da serra do Orobó, PE, derrotam a tropa enviada contra eles e matam seu chefe, Afonso Adorno. Só serão vencidos em 1663.

1941: Forma-se o Comitê Nacional Francês, coordenador da resistência antinazista.

1950: Chacina dos 4 A: a polícia assassina em Livramento, RS, os comunistas Abdias Rocha, Aladim Rosales, Aristides Correa e Ary Kuhlman.

1983: Greve dos 240 mil canavieiros de PE.

1988: Volta ao Chile a viúva de Salvador Allende, Hortensia.

1998: Morto a tiros em Buriti, MG, o líder dos sem-terra Venceslau Pereira da Silva. O crime ocorre na estrada que leva à fazenda Córrego da Ponte, pertencente a FHC.

2000: Eleição na Iugoslávia derrota o nacionalista sérvio Milosevic. Sob pressão popular, o 2º turno é cancelado.

1834: Morte do político português Pedro I do Brasil ou Pedro IV de Portugal

1949: Nascimento do cineasta espanhol Pedro Almodóvar

1957: Escolares negros escoltados nos EUA Em 24 de setembro de 1957, o presidente Dwight Eisenhower envia militares a Little Rock, capital do Arkansas, para escoltar nove escolares negros a uma escola de brancos.

 

DIA 25

1950 – Dia do Massacre de Tupã      

Massacre de Tupã: assassinados a mando de latifundiários 3 dirigentes comunistas de Vera Cruz, São Paulo. O crime permanece impune.  

1849: Enforcado Lucas da Feira, escravo fugido em 1828 que chefia por 20 anos um bando de Robin Hoods sertanejos em torno de Feira de Santana, BA. Preso, declara que nunca trairia quem o ajudou.   

1956: A peça Orfeu da Conceição lança a parceira musical Vinicius-Jobim.

1957: Pára-quedistas intervêm no Arkansas, EUA, onde o governador mantém pela força a discriminação racial nas escolas.

1960: Marcha das Ligas Camponesas no Recife.

1962: Jango cria o Ministério do Planejamento. O 1º titular é Celso Furtado (1920-2004).         

1963: Golpe militar pró-EUA na República Dominicana. Deposto o pres. Bosh, admirador da Revolução Cubana.

1967: Encontro Lacerda-Jango em Montevidéu reafirma a Frente Ampla.

1983: Passeata de 70 mil contra a ditadura no Uruguai, percorre 4 km aos gritos de “Va acabar!”

1990: 6 mil PFs fazem paralisação nacional de 2 hs contra baixos salários.

1884: Nascimento do médico legista, professor, escritor, antropólogo, etnólogo e ensaísta fluminense Edgar Roquette-Pinto – é considerado o pai da radiodifusão no Brasil, por criar a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, em 1923, com o intuito de difundir a educação

1957: Soldados protegem alunos negros nos EUA Em 25 de setembro de 1957, o presidente dos Estados Unidos, Dwight Eisenhower, ordenou que soldados fossem a Little Rock, no estado do Arkansas, para proteger nove alunos negros.

 

DIA 26

1762 – Dia do Barata 

Nasce em Salvador o futuro médico e jornalista Cipriano Barata. Patriota inflamado e “liberalíssimo” (na acepção da época, de defensor da liberdade), dedicará a vida a estas causas e pagará caro por elas, com 13 anos nos cárceres da Colônia e do Império. Muitas vezes escreverá da prisão o seu jornal, Sentinela da Liberdade.

1727: O gov. do PA anuncia ao rei a morte de Ajuricaba, líder dos Manaú e Maiapena na guerra contra a escravidão (1723-1727) sob o lema “Esta terra tem dono”. Preso, ele se atira do barco que o leva para as águas do Amazonas.    

1815: Os monarcas da Rússia, Áustria e Prússia firmam o pacto militar da Santa Aliança, desde então sinônimo de bloco antidemocrático e antinacional.

1883: A Conferencia abolicionista lança no Rio seu manifesto, obra de Rebouças, Patrocínio, Aristides Lobo. Radical, polariza a campanha pela libertação dos que chama “escravizados”.

1924: O presidente Artur Bernardes transforma o 1º de Maio em feriado nacional.

1962: Revolução no Iêmen. O cel. nasserista Abd-Sallal proclama a República. A direita monárquica resiste, com apoio saudita. Guerra civil.  

1973: O PAIGC proclama a independência da Guiné-Bissau (reconhecida em 10/9/1974). A guerrilha já libertou boa parte da colônia portuguesa.

1979: Greve dos metalúrgicos de Betim, Contagem e Belo Horizonte.

1997: 130 entidades lançam campanha para regulamentar a lei de 1940 que admite aborto caso a mãe corra risco de vida.

1889: Nascimento do filósofo, escritor, professor universitário e reitor alemão Martin Heidegger

Dia de São Cosme e Damião (Catolicismo)

Dia Internacional para Eliminação Total das Armas Nucleares – data reconhecida pela ONU

Dia Nacional dos Surdos – comemoração instituída pela Lei Nº 11.796 de 29 de outubro de 2008; tem por fim marcar a data da criação da 1ª escola brasileira para Surdos, que foi fundada em 26 de setembro de 1857 com o nome de Colégio Nacional para Surdos-Mudos na cidade do Rio de Janeiro e que atualmente é conhecida por Instituto Nacional de Educação de Surdos

 

DIA 27

1938 – Dia do Osvaldão

Nasce em Passa-Quatro, MG, Osvaldo Orlando da Costa, o Osvaldão da Guerrilha do Araguaia. Será um dos guerrilheiros mais admirados pelo povo do sul do PA, pela bondade, a coragem, a pontaria. Está desaparecido desde meados de 1974.

Osvaldão. em cartaz de Jayme Leão, 1987    

1842: S. Paulo passa a ter iluminação pública, a azeite.

1927: Congresso Operário Sindical, no Rio, reúne 36 sindicatos e 23 comissões de fábrica. Cria a CGT (Conf. Geral do Trabalho).

1937: Morre o teórico e dirigente comunista italiano Antonio Gramsci, 46 anos; 11 anos de cárcere fascista arruinaram sua saúde.

1937: Bombardeio nazista destrói a cidade de Guernica, 248 vítimas civis. Em maio Picasso pinta Guernica, símbolo da Espanha republicana.        

1940: Hitler ordena a criação do campo de concentração de Auschwitz, que trucidará de 3 a 4 milhões de vidas (1 milhão de judeus).

1960: Independência do Togo, ex-colônia francesa e antes alemã.

1982: Greve nos 6 estaleiros navais de Niterói, RJ.

1983: Greve metalúrgica na Grande Porto Alegre.

1987: D. Luciano Mendes é eleito pres. da CNBB.

1988: Levante anticolonialista na Nova Caledônia, sufocado por tropas de elite da França.

1989: Sarney baixa medida provisória restringindo o direito de greve.

1999: A CNBB e outras entidades realizam no Rio Tribunal da Dívida Externa. Veredito: ela não deve ser paga.

1954: Mao Tsé Tung torna-se Presidente da República Popular da China

Dia de São Cosme e Damião (Candomblé e Umbanda)

Dia Mundial do Turismo – comemoração instituída pela 3ª conferência da Organização Mundial do Turismo para marcar a data da adoção dos estatutos da OMT, ocorrida em 27 de setembro de 1970; data reconhecida pela ONU

Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos

1940: Crianças alemãs protegidas dos bombardeios Em 27 de setembro de 1940, enquanto a Alemanha era bombardeada na Segunda Guerra Mundial, Hitler mandou levar as crianças para o interior do país.

 

DIA 28

1864 – Dia da Internacional   

Fundada em Londres, por iniciativa de Karl Marx, a Associação Internacional dos Trabalhadores (1ª Internacional). Ampla, abarca não só os partidários do socialismo científico, mas também proudhonianos, bakuninistas, blanquistas, entidades sindicais e até setores positivistas. Atuará até 1876.

A casa de Londres onde o Conselho da Internacional se reunia em 1868-1872    

1675:   Expedição de Manuel Lopes (280 homens) contra Palmares. Depara com “uma grande cidade”: 2 mil casas, muro de pau-a-pique, milícia. Prende 45 palmarinos.

1831: Revolta dos Tiros no Teatro, Rio.

1885: Lei do Sexagenário liberta os (poucos) escravos com mais de 65 anos, mas agrava a pena para o “crime” de acoitar escravo fugido.

1887: Começa a circular Cidade do Rio, moderno jornal abolicionista de Patrocínio.

1970: Morre o líder nacionalista egípcio Gamal Abdel Nasser.

1972: Japão e China restabelecem relações.

1987: Greve na usina de Itaipu. O Exército ocupa a obra e entra em choque com os operários.

1987: 50 mil canavieiros de AL em greve; 1 morto.

1988: O Conselho Superior de Censura passa a ser de Defesa da Liberdade de Criação e Expressão.

2000: Começa nova Intifada. Provocação do gen. Sharon, líder da direita e futuro 1º-min. de Israel, na Esplanada das Mesquitas, Jerusalém, gera onda de protestos palestinos. Choques de rua, 100 mortos nas 2 1as semanas.

2005: Aldo Rebelo (PCdoB-SP) vence José Thomaz Nonô (PFL-AL) por 258 votos a 243 e elege-se presidente da Câmara, no lugar de Severino Cavalcanti (PP-PE), que renunciou em meio a denúncias de corrupção. É a 1a contra-ofensiva da base do governo Lula na crise política de 2005.

Dia Mundial da Raiva – comemoração para marcar a data da morte do microbiologista e químico francês, Louis Pasteur, que faleceu em 28 de setembro de 1895, e que, com a colaboração de seus colegas, também desenvolveu a 1ª vacina eficaz contra a raiva, uma doença totalmente previnível que, ainda assim, mata uma pessoa a cada 10 minutos em média; data reconhecida pela Organização Mundial de Saúde

Dia Internacional do Acesso Universal à Informação – data reconhecida pela UNESCO

 

DIA 29

1965 – Dia da traição a S. Domingos 

Intervenção armada dos EUA na República Dominicana. Dura 17 meses e conta com os serviços de 1.450 soldados brasileiros enviados pelo gen. Castelo Branco.         

1920: 3º Congresso Operário, no Rio; 135 delegados

1940: Inaugurado o estádio do Pacaembu, S. Paulo.

1945: Tropas dos EUA libertam Dachau, campo de concentração nazista. Ainda encontram 33 mil prisioneiros com vida.

1977: Arquivado o inquérito sobre as bombas da Ação Anticomunista Brasileira.

1991: Manifestação de 5 mil sem-terra contra o fechamento de frentes de trabalho em PE.

1999: A Ford desiste de instalar fábrica em Guaíba , RS, culpando o gov. Olívio Dutra. Opta pela BA, cujas ofertas de generosas facilidades abrem crise no governo FHC.

1914: Rebeldes da Região do Contestado atacam e incendeiam a cidade de Curitibanos em Santa Catarina, iniciando uma fase da Guerra caracterizada por saques e invasões de propriedades de coronéis e cartórios, locais onde se encontravam os registros das terras que antes a eles pertenciam

1964: Primeira publicação da tira “Mafalda”, criação do cartunista argentino Quino, no semanal argentino Primera Plana

Dia Mundial do Surdo

1954: Criada a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear – criado o maior centro de pesquisas de física elementar do mundo, que conservou a sigla Cern, do nome em francês. Ali não se pesquisa só a origem do cosmo, mas também foi criada a internet.

 

DIA 30

1937 – Dia da farsa Cohen

Vargas e o gen. Dutra divulgam o Plano Cohen, supostamente comunista, usado pela direita como pretexto para a ditadura do Estado Novo. Na verdade o Plano fora forjado pelo capitão integralista Olímpio Mourão Filho (futuro deflagrador do golpe de 1964).

1641: O Maranhão rebela-se contra os holandeses. Irá expulsá-los em 28/2/1644.

1929: A BBC realiza a 1ª emissão (experimental) de TV.

1946: O Tribunal de Nurenberg conclui julgamento de 22 criminosos de guerra nazistas. Condenará 11 deles à morte.

1949: A polícia dispersa ato pró-Petrobrás em Santos; morre o portuário Deoclécio Santana.

1966: Independência de Botswana, ex-colônia inglesa da Bechualândia.

1972: João Carlos Haas Sobrinho morre em combate na guerrilha do Araguaia.

1982: O 34º Congresso da UNE, em Piracicaba, SP, elege pela 1ª vez uma pres. mulher, Clara Araújo.  

1982: Helmut Kohl sobe ao poder na Alemanha Ocidental, em coalisão de direita. Só sai 18 anos depois, envolvido em escândalo de corrupção.

1987: Vem a público a contaminação com césio de moradores de Goiânia, GO; 16 pessoas são internadas em estado grave; 3 delas morrerão.

Dia Internacional da Tradução – data reconhecida pela ONU

1791: Estreia de “A Flauta Mágica” A primeira apresentação da ópera “A Flauta Mágica”, de Mozart, aconteceu em Viena em 30 de setembro de 1791. O compositor morreria três meses depois.