O que você está procurando?
Guerrilha do Araguaia
Guerrilha do Araguaia em Destaque

50 anos da Guerrilha do Araguaia, legado de heroísmo

O dia 12 de abril de 2022 foi marcado pela memória do início dos combates da Guerrilha do Araguaia, numa transmissão ao vivo que reuniu o jornalista e escritor Osvaldo Bertolino e o historiador Romualdo Pessoa para comentários sobre

12 de abril de 1972, há 50 anos se iniciava a Guerrilha do Araguaia

A partir do final de 1968, a ditadura radicalizou o uso da violência contra as oposições. Prisões, torturas, assassinatos se tornaram rotina. Impunha-se reagir e resistir. Iniciada em 12 de abril de 1972, a Guerrilha do Araguaia é um

Análise e verdades factuais sobre a Guerrilha do Araguaia

Uma obra contraditória. Essa é a conclusão de uma análise fleumática do livro “Borboletas e lobisomens” feita por Vinicius Müller, doutor em História Econômica pela Universidade de São Paulo e professor do Insper-SP, publicada no site Opera Mundi. Intitulado

“Osvaldão” leva a Guerrilha do Araguaia à Espanha

Osvaldão será exibido no sábado (19/11), às 22h30, seguido de bate-papo com os diretores Vandré Fernandes e Ana Petta. O documentário é o único filme brasileiro, dentre dez outros filmes do México (Deserto), Japão (Um pedaço de ouro), Coreia

Osvaldão compete no Rio e será exibido em BH

O documentário “Osvaldão” foi selecionado para a mostra competitiva da 15º edição do Festival Internacional de Cinema de Arquivo – REcine 2016, que acontece de 27/9 a 05/10 no Rio de Janeiro. O Osvaldão será exibido no dia 28

“Guerrilheiro não tem nome” retorna ao circuito teatral de SP

A produção, que entrou em cartaz no ano passado, retoma os palcos da capital paulista. No sábado, dia 2 de abril, será a vez do Centro Cultural da Juventude (CCJ), na zona norte, de receber “Guerrilheiro não tem nome”,

A história da “Chacina da Lapa”

CONHEÇA O ESPECIAL: A CHACINA DA LAPA Como sempre fazia, Margarida Rodrigues levantara-se por volta das seis e meia da manhã. Na casa ao lado, Rita da Glória ainda dormia sem saber que às seis e trinta e cinco