Notícias

Observatório da Democracia promove debate sobre a participação das mulheres na luta democrática

Observatório da Democracia Publicado em 11.03.2021

No próximo dia 12 de março, o Observatório da Democracia realizará a conferência online “A Presença e a Participação das Mulheres para Conquistar a Democracia”. O evento será transmitido às 17h do dia 12/3 no canal de Youtube do Observatório da Democracia e, também, pelo Facebook da Fundação Maurício Grabois.

O debate contará a participação de Jane Neves, da Fundação Astrogildo Pereira; Márcia Campos, do Instituto Claudio Campos; Bernadete Menezes, da Fundação Lauro Campos / Marielle Franco; Miguelina Paiva Vecchio, da Fundação Leonel Brizola; Ana Prestes, da Fundação Maurício Grabois; Lídice da Mata, deputada federal pelo PSB da Bahia; Zenaide Maia, Senadora pelo PROS do Rio Grande do Norte; e Benedita da Silva, deputada federal pelo PT do Rio de Janeiro. A mediação será feita por Luciana Capiberibe, comunicadora da Fundação João Mangabeira. 

Conheça as convidadas:

Ana Prestes  é socióloga e cientista política. Pós-doutoranda no Instituto de Estudos Brasileiros - IEB-USP. Doutoranda em História (UnB). Doutora em Ciência Política (UFMG). Analista Internacional. Assessora na Câmara dos Deputados. Pesquisadora da história da participação política das mulheres no Brasil. Militante da União Brasileira de Mulheres e do Partido Comunista do Brasil. 

Benedita da Silva é deputada federal pelo PT do Rio de Janeiro. Iniciou sua carreira política ao se eleger vereadora do Rio de Janeiro em 1982, após militância na Associação de Favelas do Estado do Rio de Janeiro. Em 1986, foi eleita deputada federal, e se reelegeu para este cargo em 1990. Em 1994 foi eleita com expressiva votação para o Senado Federal. 

Berna Menezes é Dirigente da Executiva Nacional do PSOL. Iniciou sua militância no movimento estudantil no final dos anos 70. Fundadora do PT em 1980, do qual foi membro de sua Direção Nacional. Fundadora da CUT e foi membro de sua Executiva. É atualmente Dirigente Nacional da Fasubra e da Assufrgs, além de dirigente nacional da Intersindical.

Jane Monteiro Neves é enfermeira e mestre em Saúde Coletiva. Militante do SUS e da Reforma Sanitária Brasileira. Docente da Universidade do Estado do Pará há 37anos. Também é dirigente da Associaçao de Mulheres "Eneida de Moraes" e diretora da Fundação Astrojildo Pereira.

Lídice da Mata é deputada federal pelo Partido Socialista Brasileiro, eleita em 2018, com mais de 104 mil votos. Na Câmara, é relatora da CPMI das Fake News e preside a Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa. Em 2010, foi eleita com 3,3 milhões de votos e se tornou a primeira mulher senadora pela Bahia. Formada em Economia pela Ufba, começou sua trajetória política no Movimento Estudantil e foi a primeira mulher a se eleger presidente do Diretório Central dos Estudantes daquela universidade. Em 1997, filiou-se ao seu atual partido, o PSB, onde se elegeu deputada estadual, federal e senadora, sendo sempre a mais votada em Salvador. Tem importante atuação nas áreas de Políticas para as Mulheres, Direitos Humanos, Desenvolvimento Regional, Educação e todas as pautas progressistas.

Márcia Campos foi a primeira Presidente da Federação das Mulheres Paulistas. Foi a segunda presidente da Confederação das Mulheres do Brasil e a primeira mulher do continente americano a presidir por 16 anos a Federação Democrática Internacional de Mulheres – FDIM -, organização internacional fundada em 1945, na França, após a II Guerra Mundial. A FDIM integra 209 organizações nacionais de mulheres de 139 países.

Zenaide Maia é médica formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte onde se especializou em Doenças Infectocontagiosas. Na área do executivo, exerceu o cargo de Secretária Municipal de Saúde do Município de São Gonçalo do Amarante por dois períodos (1991/1992 e 2009/2011). Neste último, também representou o município como primeira dama. Em 2014 foi eleita deputada federal. Com 22,69% dos votos válidos foi eleita senadora para o mandato atual até 2027.

Miguelina Paiva Vecchio é cientista social, presidente Nacional da Ação da Mulher Trabalhista do PDT, Vice-presidenta Nacional do PDT e Vice-presidenta da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini, foi secretária de organização e presidenta da Executiva do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher do Rio Grande do Sul, foi Vice-Presidenta da Internacional Socialista de Mulheres, é Coordenadora Geral do Fórum Nacional de Mulheres de Organismo de Partidos Políticos

Observatório da Democracia

O Observatório da Democracia é um esforço conjunto das fundações João Mangabeira (PSB), Lauro Campos e Marielle Franco (PSOL), Leonel Brizola-Alberto Pasqualini (PDT), Maurício Grabois (PCdoB), da Ordem Social (PROS),  Perseu Abramo (PT)  e do Instituto Claudio Campos (ICC), para acompanhar e fazer análises críticas das ações do governo federal.

Serviço:

Debate “A Presença e a Participação das Mulheres para Conquistar a Democracia”
Dia 12 de março às 17h
Transmissão no canal de Youtube do Observatório da Democracia: http://youtube.com/observatoriodademocracia