O que você está procurando?
Fundação Maurício Grabois - Seção São Paulo

O Exército fantoche da PM

Quando a água ferve muito, vira vapor; quando esfria muito vira gelo. Chamar 100° a primeira transformação, 0° a segunda, é convenção, mas ebulição e congelamento são fenômenos naturais que expressam a dialética da transformação da quantidade em qualidade.

Comunismo, corrupção e a “cervejinha do guarda”

Nas instituições em que não circula o vento cortante da crítica franca e aberta, cresce como bolor uma corrupção inocente. (Friedrich Nietzsche) O COMUNISMO criou a contragosto incentivos estruturais para práticas corruptas que, associadas a maus costumes enraizados na

Aécio e o udenismo dos nossos dias

O Estado Novo (1937-45) dividiu a vida político-partidária brasileira. Sobreviveram a ele o Partido Comunista e a Ação Integralista, apenas. Com o golpe que tirou Getúlio e a democratização derivada da constituinte de 1946 surgiram novos partidos. Os mais

O candidato dos ricos

Mesmo que essas correlações não fossem tão fortes, não seria menos evidente que ele é o candidato dos ricos. Seu partido é a versão revista e atualizada da UDN, juntando moralismo hipócrita, neoliberalismo, insensibilidade social, vassalagem pro-imperialista. Os barões

A subida da Acrópole. Ditadura e suas crises de identidade

É preciso discutir erros com franqueza, saber porque foram cometidos, analisar as circunstâncias que lhes deram origem, debater a fundo os modos de corrigi-los. Lenin A Lucia Maciel Depois de muito hesitar, em 1904 Freud finalmente resolveu fazer uma

Deveria ter sido “o grande massacre”

https://www.youtube.com/watch?v=a_b59O3akB8 Portanto, os ingleses concluíram, não fosse mais esse forfait de ‘Arrocho Fraga’, Mantega teria muito que explicar: segundo o FT, o último relatório do FMI diz que este ano o Brasil vai crescer míseros 0,2%, pior que as

O naco da Neca

“O que é assaltar um banco comparado a fundar um banco?” Bertolt Brecht A antipatia pelos banqueiros, largamente difundida na população, tem uma explicação simples: eles escorcham os clientes. É notoriamente escandalosa a diferença (o “spread” na língua do

O contra-ataque do medo

Claro que antes é preciso ganhar a eleição. Não será fácil. Após fulminante ascensão inicial, parte dos que de boa fé tinham levado a sério a vazia retórica marinesca sobre a “terceira via”, a “nova política” e outros chavões,

De Aécio a Marina: a revoada dos abutres

Eleito governador de MG em 2002 e reeleito em 2006 com confortável maioria, o garboso tucano das Alterosas seguira fielmente o “pensamento único” neoliberal, promovendo privatizações, “enxugamento” de empregos, redução das prestações sociais do Estado, degradação dos serviços públicos.