O que você está procurando?
Sob o domínio do FMI

A crise do novo endividamento e a velha dependência

 Às vésperas da passagem para o século XXI, os países em desenvolvimento (rebatizados como “emergentes”) são novamente atingidos em cheio por grave crise financeira. Ao contrário da crise da dívida externa do início dos anos 1980, cujo epicentro estava

Herdeiro da ditadura militar e do governo Collor, o governo dos banqueiros tem ligações fortes com as oligarquias e o imperialismo

Herdeiro da ditadura militar e do governo Collor, o governo dos banqueiros tem ligações fortes com as oligarquias e o imperialismo

18 personalidades do grupo tiveram formação acadêmica nos EUA – Edward Amadeo, Pérsio Arida, Jorge Bornhausen, Bresser Pereira, Eliana Cardoso, Ronaldo César Coelho, Daniel Dantas, Gustavo Franco, Eduardo Jorge, Celso Lafer, André Lara Resende, Francisco Lopes, Pedra Malan, Marcílio

Os Homens de FHC – banqueiros e testas de ferro do imperialismo

O capitalismo brasileiro, a partir dos governos Collor e Fernando Henrique, adquiriu uma nova feição. O presidente Fernando Henrique tenta acelerar o "ajuste" da economia brasileira à nova ordem mundial, seguindo os cânones do pensamento hegemônico sistematizado e disseminado

Fé desfilando como ciência

Fé desfilando como ciência

A atual crise do capitalismo tem sido madrasta para com as teorias formuladas pelos ideólogos da burguesia. A perplexidade entre as pitonisas do neoliberalismo é profunda e, da mesma forma como o pensamento único triunfante repetia loas à vitória

História, dogmatismo e marxismo

História, dogmatismo e marxismo

Sob o forte impacto do bloqueio militarizado à marcha reformista nacional-democrática-popular, evoluíram variantes historiográficas da formação social brasileira. De alguma maneira, no sentido de turvarem os traços fundantes do nosso desenvolvimento capitalista tardio e dependente. A apreensão das raízes

UBES, 50 anos: o tempo não pára…

Parece que foi ontem. Há cinquenta anos um grupo de estudantes secundaristas tinha um ideal e um sonho: liberdade de expressão e um ensino médio de qualidade. Os obstáculos eram muitos. Era o tempo do Estado Novo de Getúlio

Saramago, Um Nobel português

No começo da tarde do dia 8 de outubro, quando se preparava para deixar Frankfurt – após participar da tradicional feira anual de livros – em direção a Madri, de onde seguiria para a pequena e árida ilha de

O socialismo é inevitável (!?!)

 O debate pertence à pauta suscitada, ou ressuscitada, pela crise do socialismo. Envolve várias alas do pensamento marxista. E aflora intermitentemente no Partido Comunista do Brasil, desde o 8° Congresso até agora, no 150° aniversário do Manifesto do Partido