O que você está procurando?

Colunas

Veredas nordestinas: visões de Celso Furtado

Crítico, o texto “Áridos trajetos: Celso Furtado, a Sudene e a ‘nacionalização’ do Nordeste 1960-1990”,* do pernambucano André Martins fotografa com nitidez os labirintos que remeteram o compromissado Furtado às formulações do GTDN (Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento

Celso Furtado: centenário de um grande brasileiro

A evolução do pensamento original de Furtado, ressaltado por muitos pesquisadores e discípulos, tem como moldura histórica a situação que se configura da Grande Depressão de 1929-1939 ao pós-segunda Guerra Mundial. Seu ideário confronta-se com a persistência de um

A próxima crise

“Mundo não está preparado para crise, diz ex-economista-chefe [Olivier Blanchard] do FMI” (F. de São Paulo, 19/02/2017). [1] Há cerca de dois meses, o mesmo O. Blanchard, e Lawrence Summers, o poderoso ex-secretário do Tesouro dos EUA, lançaram com

Nosso Marx – e a velha esquerda

Trata-se de uma efeméride especialíssima, de um pensador de estatura sem igual, nascido e falecido no século XIX, cujas ideias inspiraram abalar as estruturas da exploração burguesa moderna, em todas as grandes revoluções anticapitalistas, anticolonialistas e anti-imperialistas, que de

PIB 0,1%: Meirelles, entreguista e enganador!

Trata-se de demagogia sem desfaçatez a comemoração do “crescimento” trimestral de 0,1% do PIB (Produto Interno Bruto), da economia brasileira, pelo governo Temer. Assim como pela mídia irresponsável que o apoia e os apologistas do mercado. Aliás, ontem mesmo

Os comunistas e a arte da tática – uma nota

É bem sabido que o grande Vladimir Lênin foi estudioso de Carl Clausewitz, um formidável discípulo moderno de Napoleão Bonaparte. Especialmente no deflagrar da súbita Revolução russa de 1905, os famosos escritos militares do general prussiano sofreram sistemático olhar

Folha de São Paulo manipula e municia contra Haddad

A coluna de hoje de Jânio de Freitas, membro do Conselho Editorial, da Folha de São Paulo, (“Moraes mostra que governo tenta influenciar Lava Jato”, 29/09/2016) contém a seguinte pérola, formatada em advertência, na parte final de seu texto:

Duas táticas. E o esquerdismo Geist der utopie

“Decerto que um defensor da revolução proletária pode concluir compromissos ou acordos com capitalistas. Tudo depende de que espécie de acordo se conclui e sob quais circunstâncias” (Lênin, “Sobre os compromissos”, março-abril de 1920). Chega a ser enfadonho, tristonho