Boas vindas ao Portal Grabois, conheça nossa marca
O que você está procurando?
Mobilização por desenvolvimento e emprego para unir o Brasil

Crescimento e desenvolvimento dependem de Estado nacional ativo

O professor Luciano Coutinho é titular do Instituto de Economia da Unicamp, PhD em Economia pela Universidade de Cornell (EUA), foi Secretário-Executivo do Ministério de Ciência e Tecnologia de 1985 a 1988. Especialista em economia industrial e internacional, coordenou

Cartas dos Leitores

Cartas dos Leitores

China “(…) A atual política econômica implantada na China após a eclosão da crise asiática, baseada na formação de um mercado interno de massas e tendo como meio o alavancamento infra-estrutural, é mais uma prova da capacidade chinesa de

Vicissitudes latino-americanas

Vicissitudes latino-americanas

Este livro é uma coletânea de artigos produzidos a partir da década de 1970 quando, exilado em Paris, Quartim de Moraes abandonou seu doutorado em História da Filosofia Antiga para se "concentrar no estudo do Brasil", especialmente sobre a

Políticas públicas Culturais

Vivemos um período de intensa efervescência e polêmicas no campo das idéias. Após os fracassos, seguidos de contundentes desastres sociais, das políticas neoliberais aplicadas em todo o mundo e, em particular, no Brasil, há uma oxigenação e redemocratização das

Os comunistas e os movimentos contra a guerra e a globalização capitalista

Os comunistas e os movimentos contra a guerra e a globalização capitalista

O comunicado conjunto dos partidos, expõe que “Avaliando os acontecimentos internacionais recentes, particularmente a intervenção militar dos Estados Unidos, Grã-Bretanha e Austrália contra o Iraque e a ocupação deste país, os participantes condenaram firmemente a perigosa escalada da agressividade

Os desafios da nova política externa brasileira

Os desafios da nova política externa brasileira

As restrições ou os chamados constrangimentos externos ao desenvolvimento passaram a ser, numa palavra, brutais. Intensificaram-se e alcançaram novas formas os mecanismos da dependência capitalista periférica, comandados pelo capital financeiro altamente centralizado e determinativo das decisões maiores do investimento.